Topo

CarnaUOL

Anderson Baltar


Escola do Grupo de Acesso do Rio terá Crivella representado como o Diabo

A Acadêmicos do Sossego desfilará com imagem do prefeito carioca Marcelo Crivella caracterizado como o Diabo - Reprodução/Instagram
A Acadêmicos do Sossego desfilará com imagem do prefeito carioca Marcelo Crivella caracterizado como o Diabo Imagem: Reprodução/Instagram
Anderson Baltar

Anderson Baltar é jornalista, formado pela UFRJ e tem 42 anos. Com mais de 15 anos de experiência na mídia carnavalesca, foi assessor de imprensa da União da Ilha e Império Serrano, produtor de Carnaval da TV Globo e trabalhou em coberturas de desfiles nas rádios Manchete e Tupi. Desde 2011, é âncora e coordenador da Rádio Arquibancada, web rádio com programação inteiramente voltada para o Carnaval. Em 2015, lançou o livro "As Primas Sapecas do Samba", ao lado dos também jornalistas Eugênio Leal e Vicente Dattoli.

28/01/2019 17h17

Uma escultura, cuja foto viralizou nesta segunda-feira (28) pelas redes sociais, promete provocar polêmica no Carnaval 2019. A Acadêmicos do Sossego, escola da Série A (Grupo de Acesso) do Rio de Janeiro, levará, em sua quarta alegoria, uma imagem do prefeito carioca Marcelo Crivella caracterizado como o Diabo.

Segundo o presidente da escola, Wallace Palhares, a foto deve ter sido feita neste domingo (27), quando houve um mutirão com integrantes da comunidade para acelerar a fabricação dos carros alegóricos. Algum componente a fez e divulgou pelo WhatsApp. Em questão de horas, os principais grupos destinados ao Carnaval carioca (veja ordem dos desfiles do Grupo Especial) já tinha a fotografia. O presidente lamentou o vazamento: "Preferíamos a surpresa na avenida".

A escultura está no carro que mostra o Tribunal da Fé. Questionado do porquê da citação ao prefeito, Palhares respondeu de forma espirituosa: "Ninguém sabe como é o Diabo. Cada pessoa tem a sua própria visão. Nosso escultor o fez dessa forma".

Sediada em Niterói, na região metropolitana do Rio, a Acadêmicos do Sossego recebe dupla subvenção. Da prefeitura de sua cidade foram destinados R$ 500 mil para o desfile. Já o poder público carioca ainda não pagou os R$ 250 mil prometidos a cada escola da Série A. O presidente afirmou que não foi procurado por nenhum representante da Prefeitura do Rio.

A Acadêmicos do Sossego será a sétima e última escola a desfilar na sexta-feira de Carnaval com o enredo "Não se Meta com a Minha Fé. Acredito em Quem Quiser", do carnavalesco Leandro Valente.