Topo

CarnaUOL

Anderson Baltar


Portela realiza a primeira feira literária em uma escola de samba

Divulgação
Os organizadores da FLIPortela (Festa Literária da Portela) Imagem: Divulgação
Anderson Baltar

Anderson Baltar é jornalista, formado pela UFRJ e tem 42 anos. Com mais de 15 anos de experiência na mídia carnavalesca, foi assessor de imprensa da União da Ilha e Império Serrano, produtor de Carnaval da TV Globo e trabalhou em coberturas de desfiles nas rádios Manchete e Tupi. Desde 2011, é âncora e coordenador da Rádio Arquibancada, web rádio com programação inteiramente voltada para o Carnaval. Em 2015, lançou o livro "As Primas Sapecas do Samba", ao lado dos também jornalistas Eugênio Leal e Vicente Dattoli.

2019-04-19T13:59:46

19/04/2019 13h59

A quadra da Portela sediará, neste sábado (20) e domingo (21), a primeira edição de uma feira literária organizada por uma escola de samba. Congregando autores, pesquisadores, jornalistas, artistas das mais variadas vertentes e movimentos sociais e culturais de todo o país, a FLIPortela (Festa Literária da Portela) pretende retomar o papel da escola de samba como um órgão vivo de cultura popular e fazer do terreiro, onde normalmente brilham ritmistas e passistas, um ponto de encontro da comunidade e dos amantes das artes.

De acordo com Rogério Rodrigues, diretor cultural da escola de Madureira e Oswaldo Cruz, o objetivo é propiciar a retomada das agremiações carnavalescas como um ponto de ressonância da diversidade cultural da cidade e do Brasil. "Queremos reativar o sentido do termo 'Grêmio Recreativo' que as escolas de samba têm e muitas já se deixaram perder. O Departamento Cultural tem a obrigação e missão de estimular iniciativas culturais e de funcionar o ano inteiro. A quadra é um espaço de convivência comunitária", afirma o diretor.

Para viabilizar o evento, que começou a ser planejado em setembro do ano passado, os integrantes do Departamento Cultural, além de buscar patrocínio, se valeram de uma campanha de financiamento coletivo de R$ 32 mil que conseguiu atingir seu objetivo nesta quinta-feira (18). Engrossando o movimento, diversos artistas e celebridades gravaram vídeos e os disponibilizaram nas redes sociais.

"Os primeiros entusiastas foram o jornalista Zuenir Ventura e o Paulinho da Viola. O Zuenir gravou um vídeo e desafiou o Paulinho a fazer o mesmo. Em seguida, recebemos muitos apoios", relata Rogério. O crowdfunding da FLIPortela teve a adesão de personalidades como o ex-prefeito Eduardo Paes e de artistas como Martinho da Vila, Teresa Cristina, Emanuelle Araújo, Moacyr Luz, Neguinho da Beija-Flor e Carlinhos de Jesus.

Durante os dois dias, além de poder comprar livros nos estandes das 16 editoras especializadas em cultura negra e popular e de conhecer o trabalho de 51 autores e coletivos independentes, o público poderá assistir a diversos debates, palestras, saraus, contadores de histórias, apresentações culturais, rodas de samba, grupos de jongo e participar de oficinas. Uma área de gastronomia estará disponível, com um menu variado, indo das comidas típicas do mundo do samba aos food trucks.

A FLIPortela acontecerá na quadra da escola (Rua Clara Nunes, 81). No sábado, das 9h às 21h e, no domingo, das 9h às 16h. A entrada é gratuita. A programação completa está no site oficial do evento.