Topo

CarnaUOL

Salvador


Luiz Caldas lança clipe de música que é brado contra intolerância; assista

Alexandre Santos

Colaboração para o UOL, em Salvador

09/02/2019 18h54

Luiz Caldas lançou nesta sexta-feira (8) o clipe da música "Respeito É Bom e Eu Gosto", concebida para ser um brado contra a intolerância em suas diversas nuances. Aposta do artista baiano como tema do seu Carnaval, a canção é assinada em parceria com César Rasec.

Rodado nas ruas de Salvador, o trabalho retrata violências cotidianas que, em geral, têm como alvo mulheres, negros e homossexuais. Uma das cenas, por exemplo, mostra três homens agredindo um gay a pauladas em um ponto de ônibus. Além disso, o filme, que tem mais de quatro minutos de duração, é intercalado por frases como "Homofobia mata" e "Censura nunca mais".

Ao explicar a concepção do trabalho, Caldas diz que sua intenção é fazer um chamado de paz a partir da empatia com o outro, seja ele quem for. "Se cada um se esforçasse para não fazer com o outro o que não gostaria de sofrer, já seria um grande passo", reflete.

Azul e rosa

A letra de Luiz Caldas -tal como "Proibido o Carnaval", de Daniela Mercury e Caetano Veloso- também faz alusão à recente polêmica do azul e rosa, trazida à tona após declaração de Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, que afirmou que meninas deveriam usar rosa e meninos, azul.

"Ele de rosa/ Você tem que respeitar/ Ela de azul/ Você tem que respeitar/ Sou diferente", pregam os primeiros versos.

"Não fiz para agradar a todos. Fiz para gerar reflexão. Não me preocupo se as pessoas vão gostar ou não, mas, sim, em como vão se sentir", detalha Caldas, a quem é atribuído o epíteto de "pai da axé music".

"Nosso papel não é só entreter, mas também gerar discussões importantes. Levar as pessoas à reflexão e darem sua contribuição para a melhoria da sociedade", acrescenta ele.

"Respeito É Bom e Eu Gosto" integra o mais novo disco de Luiz Caldas -"Axé Music"-, parte do projeto de discos lançados mensalmente.

Dirigido por Diego Lisboa, o clipe é uma produção da Macaco Gordo.

Confira a letra de "Respeito é bom e eu gosto":

Me respeite para eu te respeitar!

Ele de rosa
Você tem que respeitar
Ela de azul
Você tem que respeitar

Sou diferente
Você tem que respeitar
Pois gente é gente
Você tem que respeitar

Eu sou do gueto
Você tem que respeitar
Farol da Barra
Você tem que respeitar

Diversidade
Você tem que respeitar
Toda cidade
Você tem que respeitar

Abra a sua cabeça
Sem preconceito meu irmão
Que a santa paz permaneça
Nessa relação

Pois ninguém manda em sua vida
Seja homem ou mulher
Ninguém tem nada com isso
Faça o que quiser

Me respeite para eu te respeitar!

É cobrador
Você tem que respeitar
Se é doutor
Você tem que respeitar

Se é militante
Você tem que respeitar
Se é militar
Você tem que respeitar

Se é da direita
Você tem que respeitar
Se é da esquerda
Você tem que respeitar

Cara fechada
Você tem que respeitar
Sorriso aberto
Você tem que respeitar

Lembre que nesse planeta
A pessoa só vive uma vez
Pra que ser intolerante
Nesse mundo burguês

Você é o responsável
Pelo que escolheu
Nunca deixe o outro
Mandar no que é seu