PUBLICIDADE
Topo

Rio de Janeiro

Boitatá leva foliões madrugadores ao centro do Rio

Boitatá agita o Rio no domingo logo cedo - Bruna Prado/UOL
Boitatá agita o Rio no domingo logo cedo Imagem: Bruna Prado/UOL

Michel Alecrim

Colaboração para o UOL, no Rio

24/02/2019 10h54

Os participantes do Cordão do Boitatá acordaram cedo para o desfile do bloco, que aconteceu hoje, no centro do Rio. Já a partir das 7h começaram a chegar os foliões para o cortejo, a maioria com fantasias bem caprichadas. 

As amigas dinamarquesas Katrina Holmgaard, 36 anos, Annemette Harding, 33 anos, e Line Nissen, 33 anos, fizeram questão de acompanhar o bloco, recomendado por brasileiros que moram na Europa. "O que mais me surpreendeu foi a disposição das pessoas para a festa a esta hora da manhã", declarou Line.

O carnavalesco da Mangueira, Leandro Vieira, também madrugou para acompanhar o Boitatá. Por conta do desfile no sambódromo, ele não poderá ir à apresentação do bloco no domingo de Carnaval, na praça Quinze. "Todo o mundo precisa de um bloco para chamar de seu, e este é o meu", declarou Vieira.

O Boitatá conta com uma banda de cem músicos e toca marchinhas antigas, sambas tradicionais, frevos, afoxés e outros ritmos populares. Cada vez mais vem incorporando no repertório músicas africanas. "Esse foi um caminho natural do nosso trabalho", explicou o diretor Kiko Horta.

A batucada do Boitatá começou efetivamente às 8h30, na avenida Henrique Valadares. A previsão é que o cortejo vá até a praça Tiradentes. Na frente foi um grupo de dez mulheres com pernas de pau, vestidas de dourado em homenagem a Oxum. 

Rio de Janeiro