PUBLICIDADE
Topo

Blocos de rua

Confraria do Pasmado ensaia enredo sobre "terra plana" e fake news

Folionas mandam o recado no Confraria do Pasmado. - Edson Lopes Jr./UOL
Folionas mandam o recado no Confraria do Pasmado. Imagem: Edson Lopes Jr./UOL

Patricia Larsen

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/02/2019 12h58

O desfile do Cordão Carnavalesco Confraria do Pasmado, na rua dos Pinheiros, celebra neste ano o CarnalCracia, palavra que reúne os valores do bloco: tolerância, liberdade e democracia. "Estamos esperando 20 mil pessoas", disse o diretor da bateria, Ronaldo DX.

Veja a programação de blocos que desfilam em São Paulo neste final de semana

A letra do samba fala sobre o conceito da terra plana e sobre o WhatsApp.

"A terra é plana
O pasmado vai cantar
Não se engane
Recebi no WhatsApp
A terra é plana
Superfície linear
Terra chapada é boa pra sambar".

Ronaldo DX, que tambem é engenheiro civil, é um dos responsáveis pela criação do primeiro e melhor caminhão de trio elétrico de São Paulo. "Os trios paulistanos não foram desenvolvidos para o Carnaval. Neste ano, nós, o Bengalafumenga e o Sargento Pimenta investimos e criamos um caminhão com a máxima qualidade. Foram estudados os gabaritos de fios elétricos da cidade. As caixas de som foram estrategicamente colocadas", conta.

Ainda de acordo com DX, o caminhão está usando hoje, no desfile, 40% de sua capacidade sonora. "Como valor do Confraria, estamos respeitando o nosso bairro e os moradores dele", ressalta.

Blocos de rua