PUBLICIDADE
Topo

Rio de Janeiro

Chuva alaga Sapucaí e atrasa início dos desfiles do Grupo de Acesso

Gabriel Sabóia

Do UOL, no Rio

01/03/2019 22h07Atualizada em 02/03/2019 00h48

A forte chuva que atingiu o Rio de Janeiro na noite de hoje alagou a avenida Marquês de Sapucaí e impediu o acesso de grande parte dos espectadores ao sambódromo. A cidade segue em estado de atenção, de acordo com o Centro de Operações da Prefeitura. Funcionários da prefeitura que trabalharam no escoamento da passarela estavam com água na altura do joelho.

A Lierj (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) informou que o alagamento da pista atrasaria o início do desfile da Unidos da Ponte, a primeira agremiação a desfilar hoje. A apresentação da escola começaria às 22h30. Mas o desfile começou só por volta das 23h05.

Integrantes da Unidos da Ponte chegaram ao sambódromo com o desfile já em andamento também por causa da chuva. Ao longo da avenida, era possível ver partes de fantasias que se descolaram por causa da chuva. Integrantes da comissão de frente da escola chegaram com 20 minutos de desfile.


Nas redes sociais, torcedores das agremiações do Grupo de Acesso do carnaval carioca relataram não ter conseguido sair da estação Praça Onze do Metrô --o principal acesso ao sambódromo, que fica a menos de 300 metros de distância.

Jornalistas que estavam na sala de imprensa quando a chuva começou, por volta das 20h, ficaram isolados no local por causa dos bolsões de água que se formaram. As arquibancadas ficaram vazias, apesar do grande número de ingressos vendidos.

Na tarde de hoje, o Corpo de Bombeiros do Rio deu aval para a liberação da Sapucaí após vistoria realizada por ordem judicial. Apesar do aval, a corporação identificou irregularidades. "Há pendência de documentação por parte do responsável legal da Sapucaí, como Anotações de Responsabilidade Técnica de instalações elétricas e estrutura (que são pareces de Engenharia e Arquitetura), por exemplo.".

Sambódromo alagado na noite de hoje - Gabriel Sabóia / UOL - Gabriel Sabóia / UOL
Sambódromo alagado na noite de hoje
Imagem: Gabriel Sabóia / UOL

Rio de Janeiro