O crush do CarnaUOL

Mariana Xavier faz surpresa em festival e mostra por que Jenifer é a nova namoradinha do Brasil

Renata Nogueira Do UOL, em São Paulo
Mariana Pekin/UOL

Há meses o nome dela não sai da nossa cabeça. O fenômeno "Jenifer" foi visto, ouvido e ainda mais popularizado na sexta edição do Festival CarnaUOL em São Paulo, o maior evento pré-folia do Brasil.

No palco e nos bastidores da festa, a musa original: Mariana Xavier. Na galera, já se via o legado que a música de Gabriel Diniz e que a atriz protagonista do clipe deixaram para o Carnaval de 2019 antes mesmo de ele chegar.

E uma das mensagens expostas pelo clipe trouxe importantes referências sobre padrões: é a nova musa se encaixando na realidade.

Hoje é dia de Jenifer!

Mariana Pekin/UOL Mariana Pekin/UOL

Pelo Festival CarnaUOL não faltaram camisetas e, principalmente, tiarinhas que homenageavam a musa da folia. Gabrielas, Paulas, Fabianas, Pedros, Wagners, não importava o nome nem se era homem ou mulher. Todos eram Jenifers. 

Jenifer virou sinônimo de disponibilidade para as solteiras e os solteiros que não têm problema em admitir que querem, sim, curtir o Carnaval junto de uma boa companhia.

E a empolgação do público com Mariana Xavier não se limitou aos versos da música de Gabriel Diniz na ponta da língua. "Jenifer" precisava ser vista, ouvida e, claro, fotografada. Por onde passava, ela era reconhecida e paparicada, provando o poder de influenciar muito além dos nossos ouvidos.

O nome dela é Jenifer / Eu encontrei ela no Tinder / Não é minha namorada / Mas poderia ser

Trecho da música de Gabriel Diniz

Reinaldo Canato / UOL Reinaldo Canato / UOL

As Jenifers do rolê

O artista visual Júnior trocou Fábio Assunção por Jenifer. As amigas Gabriela e Mayara iriam apostar só no glitter, mas mudaram de ideia de última hora e não resistiram às tiarinhas da musa do momento. Fantasiados ou não, todo mundo tinha alguma coisa para falar de Jenifer. 

O bom humor é disparado uma das características mais lembradas. "Nós íamos fazer [fantasia] do Fábio Assunção, mas já perdeu a graça. A música da Jenifer veio muito mais forte porque é engraçada", conta Júnior. Dono de uma gráfica, ele produziu camisetas para ele e para as amigas que o acompanhavam no CarnaUOL para anunciar que, assim como a Jenifer, eles também estão disponíveis no Tinder.

Mas nem todas as Jenifers foram planejadas. "A gente está solteira e no Tinder", diz Gabriela Alfaro sobre a ideia de se fantasiar de Jenifer junto com a amiga Mayra Cardoso. "Tá pegando muito essa música e achamos divertido. Estávamos saindo de casa, encontramos a tiarinha em uma loja e decidimos vir assim".

"Dá primeira vez que escutei, pensei: 'Essa música não dá'. Mas depois vi que fazia parte da folia do Carnaval", continua Gabriela, que chegou a fazer uma reflexão ao ver o clipe com uma musa fora dos padrões e entender a brincadeira com o aplicativo de paquera.

Acho que ['Jenifer'] reflete a realidade de tudo o que está hoje na mídia e nas redes sociais. Estamos mudando muito a nossa forma de ver as coisas, de pensar. Esse padrão de beleza da Barbie já foi quebrado.
Gabriela Alfaro

Mariana Pekin/UOL Mariana Pekin/UOL

Quando uma atriz vai imaginar que vai cair no gosto popular por causa de um clipe? Nunca. Você espera ficar muito conhecida por um filme, por uma novela. Jamais por um clipe. Estou adorando

Mariana Xavier

Mariana Pekin/UOL Mariana Pekin/UOL

Adeus, padrão

Se para alguns "Jenifer" é apenas mais um hit que vai passar, para outros a ideia embutida no clipe estrelado por Mariana Xavier trouxe importantes referências. "Acompanho ela porque também sou uma plus size. Me espelho nela, acho ela linda, maravilhosa. A gente sempre vê um modelo, um estereótipo, e quando foge disso é muito bom", diz Larissa Lhays, 21. Para ela, a mensagem do clipe ajuda até mesmo no próprio Carnaval.

"Dá visibilidade para quem está escondida e não quer se vestir de uma certa forma, não quer ir pro Carnaval, não se sente tão à vontade com uma fantasia pensando que os outros vão olhar e achar estranho. Não! Todo mundo é igual, todo mundo é belo, tem as suas diferenças, e o bonito é assim. A música bombou e assim ela se mostrou, linda e maravilhosa como o próprio Gabriel Diniz fala", ressalta Larissa.

A amiga Tayná Azevedo concorda:

Quando vi o clipe fiquei surpresa de ver que era ela a Jenifer. Acho importante porque passa uma mensagem positiva para as plus size. Ainda existem os preconceituosos, mas as pessoas estão se empoderando. E a Jenifer ajudou bastante.

Sob a ótica masculina, a música ajudou a quebrar um tabu sobre relacionamentos casuais. "Carnaval é clima de festa. É legal uma pessoa conhecer a outra e deixar claro que não precisa ser algo muito sério. Como mostra no clipe, eles podem só ir em um bar, ou num bloco de Carnaval, como estamos aqui. Se você tem uma boa companhia, você curte mais", diz Nicolas Leite, 22.

O amigo César Nogueira, 23, é mais direto: "Se eu vir uma Jenifer no Tinder dou superlike", garante. Já Diego Suguiyama se empolga ao descobrir que Mariana Xavier, a Jenifer original, estava circulando pelo CarnaUOL. "Sério? Cadê ela? Eu preciso falar com ela."

Reinaldo Canato/UOL Reinaldo Canato/UOL
Iwi Onodera/UOL Iwi Onodera/UOL

"Põe aquela roupa e o batom"

Seguindo a dica que Anitta e Simone e Simaria já haviam dado alguns carnavais antes, Mariana Xavier caprichou no look para reencarnar a Jenifer no Festival CarnaUOL. Cabelo, batom e aquela roupa especial: o mesmo vestido do clipe. Um salto alto preto de respeito completou o visual para dançar coladinha com o cantor Felipe Pezzoni, da Banda Eva, que usou o microfone para mandar um recado direto ao colega Gabriel Diniz: "Perdeu, playboy."

A aparição surpresa logo no início do festival mexeu com os ânimos da galera, que pulou animada ao som do cover da banda Eva para "Jenifer". Sem descanso, a atriz trocou o salto alto por um tênis e ainda aproveitou os intervalos dos shows para circular na Arena UOL e conversar com o público sobre a sua musa. Depois de fazer e dar entrevistas, escapar da chuva, dançar com Maiara e Maraísa, agitar no camarote e tirar muitas selfies, o vestido original seguia impecável.

Sem prever o sucesso estrondoso que a música faria, a atriz contou ao UOL que preferiu usar no clipe uma roupa de seu próprio guarda-roupa, já que teve apenas uma semana de preparo antes da gravação. Lançado em setembro de 2018, o vídeo de "Jenifer" hoje soma quase 170 milhões de visualizações só no YouTube, mesma plataforma em que Mariana Xavier mantém o canal Mundo Gordelícia, com quase 500 mil inscritos.

Para honrar a história de Jenifer e retribuir todo o carinho que tem recebido nos últimos meses, Mariana Xavier decidiu leiloar o vestido depois do Carnaval. A ideia é doar o dinheiro arrecadado com a peça para uma instituição de caridade e, assim, espalhar para outros universos a magia da personagem irresistível que já tem muito o que ensinar às próximas musas.

Assista ao clipe de "Jenifer", de Gabriel Diniz

Se é que você já não viu...

Curtiu? Compartilhe.

Topo