Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/ciencia/album/2013/02/19/estudo-da-usp-exuma-restos-mortais-de-dom-pedro-1.htm
  • totalImagens: 19
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130219150336
    • Dom Pedro 1º [59730]; Arqueologia [12394]; Estudo [11182]; USP [9238];
Fotos

Estudo de arqueóloga da USP (Universidade de São Paulo) exuma os restos mortais de Dom Pedro 1º, o primeiro imperador brasileiro, e de suas duas mulheres: as imperatrizes Dona Leopoldina e Dona Amélia (foto), que estava mumificada Beatriz Monteiro Mais

Um fato curioso da pesquisa foi descobrir que a imperatriz Amélia de Leuchetenberg, segunda mulher de Dom Pedro 1º, foi mumificada após sua morte em 1876. "Quando a trouxeram à cripta [do Ipiranga], em 1982, dizia-se que ela estava 'preservada', mas ninguém sabia que poderia ser considerada múmia", diz a arqueóloga Valdirene Ambiel, responsável pela pesquisa Beatriz Monteiro Mais

Pesquisadores encontraram um crucifixo de madeira e metal entre as mãos de pele intacta da imperatriz Amélia de Leuchetenberg, segunda mulher de Dom Pedro 1º Beatriz Monteiro Mais

Tomografia mostra detalhes do crucifixo de madeira e metal encontrado nas mãos da imperatriz Amélia de Leuchetenberg, segunda mulher de Dom Pedro 1º Beatriz Monteiro Mais

As causas exatas da mumificação de Dona Amélia de Leuchtenberg, segunda mulher de Dom Pedro 1º, ainda estão sendo investigadas - isso não era comum entre a nobreza de Portugal, diz a arqueóloga. Os exames no Hospital das Clínicas revelaram uma incisão na jugular da imperatriz, onde foram injetados aromáticos como cânfora e mirra. Outro fator que contribuiu para a preservação foi o sepultamento, já que a "urna foi hermeticamente lacrada" Beatriz Monteiro Mais

A análise nos restos da Dona Leopoldina, a primeira mulher de Dom Pedro 1º, não constatou nenhuma fratura nos ossos da imperatriz. O fato desmente a versão histórica - já próxima da categoria de "lenda" - de que ela teria caído ou sido derrubada pelo imperador de uma escada no palácio da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, então residência da família real. Segundo a versão, propalada por alguns historiadores, ela teria fraturado o fêmur Valter Muniz Mais

Detalhe do manto da imperatriz Dona Leopoldina, a primeira mulher de Dom Pedro 1º Valter Muniz Mais

Brincos encontrados na urna de dona Leopoldina, primeira mulher de Dom Pedro 1º, os mesmo usados no dia em que foi proclamada imperatriz do Brasil Valter Muniz Mais

Ao longo de três madrugadas os restos mortais da família imperial foram transportados da cripta imperial, no Parque da Independência, para a Faculdade de Medicina da USP, onde passaram por sessões de até cinco horas de tomografias e ressonância magnética. Acima, o crânio de Dom Pedro 1º Valter Muniz Mais

A análise da ossada de Dom Pedro 1º revelou que o imperador tinha quatro costelas fraturadas do lado esquerdo, o que praticamente inutilizou um de seus pulmões - fato que pode ter agravado a tuberculose que o matou, aos 36 anos, em 1834. Os ferimentos constatados foram resultado de dois acidentes a cavalo (queda e quebra de carruagem), em 1823 e 1829, ambos no Rio de Janeiro. Acima, procedimento que tirou as medidas do crânio do monarca português Valter Muniz Mais

No caixão de Dom Pedro não havia nenhuma comenda ou insígnia brasileira entre as cinco medalhas encontradas, o que mostra que ele não foi enterrado como o primeiro imperador do Brasil, mas, sim, como general português. Ele foi vestido com botas de cavalaria, medalha que reproduzia a constituição de Portugal e galões com formato da coroa do país ibérico Valter Muniz Mais

A roupa militar com que Dom Pedro 1º foi enterrado - uma túnica provavelmente marrom e uma calça branca - tinha, ao todo, 54 botões (foto), a maioria de metal, com brasão da coroa portuguesa em alto relevo Valter Muniz Mais

Estudo da USP (Universidade de São Paulo) exuma os restos mortais de Dom Pedro 1º, o primeiro imperador brasileiro, e de suas duas mulheres: as imperatrizes Dona Leopoldina e Dona Amélia Valter Muniz Mais

Entre as comendas 'comprobatórias' da identidade de Dom Pedro 1º está o Tosão de Ouro, ordem de cavalaria fundada no século 15 e concedida apenas a soberanos e seus filhos Valter Muniz Mais

Há também duas comendas da Ordem da Torre e da Espada ? em uma delas, consta a reprodução da constituição portuguesa, uma reformulação proposta pelo próprio Dom Pedro I em referência a mudanças que fez na Carta Magna de Portugal em 1832 e que foi concedida a ele pouco antes de morrer. A placa, agora restaurada, estava em seis pedaços Valter Muniz Mais

Há também duas comendas da Ordem da Torre e da Espada ? em uma delas, consta a reprodução da constituição portuguesa, uma reformulação proposta pelo próprio Dom Pedro I em referência a mudanças que fez na Carta Magna de Portugal em 1832 e que foi concedida a ele pouco antes de morrer. A placa, agora restaurada, estava em seis pedaços Valter Muniz Mais

Há também duas comendas da Ordem da Torre e da Espada ? em uma delas, consta a reprodução da constituição portuguesa, uma reformulação proposta pelo próprio Dom Pedro I em referência a mudanças que fez na Carta Magna de Portugal em 1832 e que foi concedida a ele pouco antes de morrer. A placa, agora restaurada, estava em seis pedaços Valter Muniz Mais

Havia ainda uma comenda criada pela avó de Dom Pedro I, chamada Banda das Três Ordens, e duas reproduções da coroa de Portugal, como parte dos galões de ombro do imperador. Todo o material encontrado em Dom Pedro I era feito de metal não nobre ? ou latão, ou cobre ? exceto o par de abotoaduras de punho, forjadas em ouro Valter Muniz Mais

Havia ainda uma comenda criada pela avó de Dom Pedro I, chamada Banda das Três Ordens, e duas reproduções da coroa de Portugal, como parte dos galões de ombro do imperador. Todo o material encontrado em Dom Pedro I era feito de metal não nobre ? ou latão, ou cobre ? exceto o par de abotoaduras de punho, forjadas em ouro Valter Muniz Mais

Estudo da USP exuma restos mortais de Dom Pedro 1º e de suas mulheres

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE UOL CIÊNCIA

UOL Cursos Online

Todos os cursos