Ameaça de forte terremoto ainda paira sobre o Nepal

Paris, 11 Jan 2016 (AFP) - Katmandu, capital do Nepal, pode ser atingida nos próximos anos ou décadas por um outro terremoto, porque a grande falha que rompeu no segundo trimestre de 2015 ainda está sob forte pressão logo abaixo da cidade, de acordo com um estudo publicado nesta segunda-feira.

Em 25 de abril de 2015, um poderoso terremoto de magnitude 7,8 na escala Richter atingiu o centro do Nepal e foi seguido de uma importante réplica em 12 de maio. Mais de 8.000 pessoas morreram e mais de 500.000 casas ficaram destruídas.

"A ruptura da falha parou a 11 quilômetros de abaixo de Katmandu, deixando a seção superior intacta", ressalta John Elliott, da Universidade de Oxford (Grã-Bretanha), principal autor do estudo publicado na revista britânica Nature Geoscience.

"É importante porque a metade superior da falha ainda não rompeu, mas está submetida a uma pressão crescente" à medida em que a placa tectônica indiana desliza sob a placa eurasiana, notou em comunicado.

Como esta parta da falha é mais próxima da superfície, sua ruptura poderia provocar um terremoto muito importante na capital do Nepal.

De acordo com o que tem sido observado em outros tremores de terra, "quando uma ruptura da falha para deste modo, leva alguns anos ou décadas para voltar a quebrar, já que geralmente esperamos que muitos séculos passem", aponta o estudo.

"Não é possível prever com precisão quando outro terremoto vai acontecer". Mas é necessário que os países e cidades "certifiquem-se que estão bem preparados para o dia em que isso vai acontecer", acrescentou Elliott.

A pesquisa foi conduzida por universidades britânicas, americanas e francesas.

Em abril, o terremoto começou a noroeste de Katmandu para, em seguida, se propagar por cerca de 140 km ao leste.

pcm-mlr/ial/cam/mm

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos