Humanos teriam chegado a ilha da Indonésia antes do esperado

Paris, 13 Jan 2016 (AFP) - Ferramentas de pedra de pelo menos 118.000 anos foram descobertos na ilha de Sulawesi na Indonésia, prova de que os primeiros humanos colonizaram a região muito antes do que se pensava - segundo estudo publicado nesta quarta-feira na revista Nature.

Gerrit van den Bergh, da Universidade de Wollongong, na Austrália, e seus colegas, relatam novas escavações feitas entre 2007 e 2012. Elas permitiram a descoberta de quatro novos locais contendo ferramentas de pedra que datariam de 118.000 a 194.000 anos, segundo os autores.

Os humanos modernos, o 'Homo Sapiens', chegaram à ilha de Sulawesi tardiamente, há 40.000 anos. "Este fato foi demonstrado recentemente, em 2014, com a descoberta de artes rupestres que parecem datadas de 40.000 anos", explica à AFP Gert van den Bergh.

E apenas o homem de Flores descoberto em 2003 na ilha indonésia de mesmo nome, perto da ilha de Sulawesi, parecia até agora ter atingido a região antes do Homo Sapiens. A ilha de Sulawesi é um ambiente natural muito isolado, perdido no oceano pacífico.

"Nossos resultados parecem indicar que Flores não foi a única ilha a ter sido habitada por humanos arcaicos, antes da chegada do Homo Sapiens", informa o pesquisador.

Mas nenhum fóssil humano datando desta época foi encontrado na ilha de Sulawesi. E as ferramentas são muito velhas para terem sido fabricadas pelo Homo Sapiens. A identidade dos fabricantes desses utensílios continua sendo um mistério.

As primeiras pessoas que chegaram na Austrália e seus descendentes tem uma pequena proporção de seu DNA herdada de um enigmático grupo de humanos chamado Homem de Denisova. Uma espécie primitiva que teria desaparecido há pelo menos 30.000 anos.

"Nós não sabemos com o que o hominídeo de Denisova parecia, porque os restos fósseis são muito fragmentados", nota Gert van den Bergh. Mas o DNA de um fragmento de osso descoberto na Sibéria revelou que os primeiros australianos herdaram uma parte de seu material genético.

Nós sabemos que a troca genética entre os ancestrais dos australianos modernos e os Danisovanos ocorreu em algum lugar do sudeste da Ásia.

"É possível que os Danisovanos sejam os fabricantes dessas ferramentas de pedra descobertos recentemente na ilha de Sulawesi", sugere o pesquisador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos