Chuvas históricas em zona seca do Paraguai

Asunción, 15 Jan 2016 (AFP) - No Chaco do Paraguai, uma grande área tradicionalmente afetada pela seca, foram registradas nas últimas horas chuvas históricas de até cinco horas, um fenômeno recebido como uma bênção pelos agricultores e um problema para as casas mais precárias.

Particularmente na localidade de Filadélfia do Chaco, a 500 quilômetros ao norte de Assunção, caíram 250 milímetros de chuva em cinco horas, informou o município.

A chuva significou uma bonança para fazendeiros e agricultores, mas também dificultou a vida diária da maioria das pessoas de um lugar quase deserto, de acordo com depoimentos de pessoas afetadas.

Os poços de água de uso doméstico e os reservatórios das fazendas "transbordaram e as ruas da cidade se tornaram verdadeiros rios", disse Peter Silvero, morador de Filadélfia.

A prefeitura local foi forçada a realojar muitas famílias cujas casas foram afetadas pelas corredeiras.

No final de dezembro e início de janeiro várias cidades do Paraguai foram atingidos por chuvas torrenciais resultado do fenômeno El Niño, que matou seis pessoas e forçou a evacuação de cerca de 140.000 pessoas durante os feriados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos