Austrália espalhará uma espécie de herpes para erradicar suas carpas

Sydney, 4 Mai 2016 (AFP) - A Austrália planeja espalhar em suas águas uma espécie de vírus do herpes para erradicar a carpa comum, uma espécie invasiva considerada "o pior parasita de água doce" do país.

O plano nacional para o controle de carpas, um peixe introduzido na Austrália em meados do século XIX, contará com um orçamento de 15 milhões de dólares australianos, 9,7 milhões de euros.

O ministro australiano de Agricultura, Barnaby Joyce, que ganhou fama por sua batalha contra os cachorros que o ator Johnny Depp levou ilegalmente à Austrália, indicou que os prejuízos gerados pela carpa comum custavam todos os anos à economia 500 milhões de dólares australianos.

Sua capacidade para sobreviver em águas quentes e com baixos níveis de oxigênio permitiu à carpa comum (Cyprinus carpio) proliferar, especialmente no Estado de Victoria e no vizinho Austrália Meridional.

Em algumas zonas, as vias navegáveis se tornaram pantanosas devido à forte população de carpas, que arrancam as raízes das plantas aquáticas. Além disso, quase 90% dos peixes endêmicos desapareceram.

A bacia hidrográfica de Murray-Darling (sudeste), onde o vírus deve ser lançado pela primeira vez no fim de 2018, conta com uma população de carpas que representa entre 80% e 90% de sua biomassa de peixes.

"As carpas são o pior parasita de água doce na Austrália", afirmou em um comunicado. "As medidas de controle atuais, as armadilhas, a pesca comercial (...) são caras e globalmente ineficazes".

Mas uma forma de vírus do herpes, o CyHV-3 ou KHV, se revelou eficaz, ao atacar especialmente os rins, guelras e fígado do peixe.

"Observamos lagos no Japão (...) onde 70% da população de carpa europeia desapareceu em duas semanas", indicou Joyce.

O ministro de Ciência, Christopher Pyne, que apelidou este programa de "Carpageddon", afirmou, por sua vez, que o vírus não teria nenhum impacto no ser humano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos