Ministra francesa Segolène Royal quer Hillary na Casa Branca

Washington, 5 Mai 2016 (AFP) - Em declarações em Washington nesta quinta-feira, a ministra francesa do Meio Ambiente e da Energia, Segolène Royal, manifestou sua preferência pela democrata Hillary Clinton na corrida pela Casa Branca e considerou "dramáticas" as declarações de seu rival republicano Donald Trump.

"Não apenas na França, mas no mundo todo, deseja-se de todo o coração a vitória de Hillary Clinton", declarou Segolène, primeira mulher a chegar ao segundo turno em uma eleição presidencial francesa.

"Acho que é uma mulher corajosa, uma mulher extremamente competente, uma mulher perseverante, e será uma presidente dos Estados Unidos muito boa. De qualquer maneira, é meu mais fervoroso desejo", acrescentou.

Presidente da COP21, Segolène Royal participou, em Washington, de uma reunião organizada pela ONU para apoiar as medidas em favor da luta contra o aquecimento global.

Trump é um conhecido cético da mudança climática e chegou a dizer que se trata de um conceito inventado pelos chineses para prejudicar a economia americana.

"Acredito que são afirmações dramáticas", comentou a ministra.

"Me nego a considerar" uma vitória de Trump na eleição presidencial de novembro, frisou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos