Furacão Matthew danifica telhados no centro de lançamento da Nasa

Miami, 7 Out 2016 (AFP) - O furacão Matthew atingiu as instalações de lançamento de foguetes da Nasa em Cabo Canaveral, na Flórida, nesta sexta-feira, causando falhas de energia e danificando os telhados, enquanto o litoral do estado era golpeado com fortes ventos, disse a agência espacial americana.

Foguetes, espaçonaves e equipamentos cruciais para o programa espacial dos Estados Unidos e de empresas privadas como a SpaceX são armazenados na área, mas aparentemente não sofreram danos.

"Embora várias instalações no Centro Espacial Kennedy (KSC) tenham sido afetadas, os prejuízos consistem principalmente em danos a telhados e janelas, invasão de água, danos a edifícios modulares e com tapumes", anunciou Sara Loff, da Nasa, no site da agência espacial.

"Não parece haver danos a hardwares de voo neste momento", acrescentou.

Mais cedo, a Nasa relatou "danos limitados no telhado", cortes nos serviços de água e eletricidade e destroços espalhados nas instalações do KSC.

Às 09h45 locais (10h45 de Brasília), o pior da tempestade passou ao largo de Cabo Canaveral, segundo a Nasa.

Cerca de uma hora antes, por volta das 8h30 locais, Matthew passou ao largo da plataforma de lançamento da NASA, a apenas 42 km da ponta de Cabo Canaveral, com ventos de até 172 km/h.

Em Cabo Canaveral pode haver de 200 a 300 milímetros de chuva, com marés de tempestade de até 1,5 metro, alertaram as autoridades.

A maioria dos funcionários foi evacuada, mas uma equipe mínima de 116 pessoas enfrentou o furacão no KSC, com a missão de informar sobre eventos significativos ao Centro de Operações de Emergência e tomar as medidas necessárias para manter a instalação segura.

"Todas as instalações no Centro Espacial Kennedy e na Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral foram protegidas", disse Brian Dunbar, da Nasa.

Loff disse que os trabalhadores devem fazer uma avaliação preliminar "mais completa" dos danos esta tarde.

Espera-se que uma avaliação formal mais detalhada seja concluída no sábado.

A SpaceX disse que estava "acompanhando de perto as condições climáticas e trabalhando com nossos parceiros no Centro Espacial Kennedy e na Estação da Força Aérea em Cabo Canaveral para proteger instalações e pessoal".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos