Dois astronautas saem da ISS para instalar novas baterias

Washington, 6 Jan 2017 (AFP) - Dois dos seis astronauta da atual tripulação da Estação Espacial Internacional (ISS) saíram ao espaço nesta sexta-feira para atualizar o sistema elétrico na plataforma orbital.

O americano Shane Kimbrough, de 49 anos, comandante da tripulação, e sua compatriota Peggy Whitson, de 56 anos, engenheira de voo, deixaram a câmara de descompressão da estação às 12h23 GMT (10h23 de Brasília), 20 minutos após o previsto, para uma expedição que deve durar cerca de seis horas e meia, informou a agência espacial americana NASA, que transmite ao vivo a operação por meio de sua televisão.

Trabalhando no lado direito da estrutura da ISS, os dois astronautas devem instalar adaptadores e conexões elétricas para seis novas baterias de lítio, levadas para a estação em dezembro pelo nave de carga não tripulada japonesa HTV.

Uma segunda saída orbital para concluir a instalação está prevista para 13 de janeiro, novamente com Shane Kimbrough e o francês Thomas Pesquet, de 38 anos, da Agência Espacial Europeia (ESA).

Antes desta saída, as novas baterias foram extraídas dos recipientes externos usando o braço robótico da ISS.

A maioria destes complexos trabalhos de modernização são realizados pelos controladores no Centro Espacial da NASA, em Houston (Texas, sul dos Estados Unidos), utilizando o mesmo braço robótico, Canadarm2.

Esta é a sétima saída orbital de Whitson, igualando o recorde de caminhada espacial para uma mulher, previamente estabelecido por sua compatriota Suni Williams.

Kimbrough realiza a terceira expedição orbital de sua carreira e Thomas Pesquet fará sua primeira saída no espaço.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos