Fendas no gelo forçam fechamento de estação de pesquisa na Antártica

Londres, 16 Jan 2017 (AFP) - Uma estação de pesquisa britânica em uma plataforma de gelo na Antártica está sendo realocada e fechada durante o inverno devido a temores de que ela possa flutuar em um iceberg, disse o British Antarctic Survey (BAS) na segunda-feira.

Dezesseis pessoas que deveriam ficar no local durante o inverno antártico, entre março e novembro, agora serão retiradas, informou o BAS em um comunicado.

A estação Halley VI, composta por oito módulos azuis e vermelhos construídos sobre palafitas com esquis gigantes, foi construída em 2012.

Sete dos oito módulos foram arrastados por um trator 23 quilômetros para o interior da plataforma e para longe de duas rachaduras - uma identificada em 2012 e a outra em outubro de 2016.

"Não há risco imediato para as pessoas atualmente na estação, ou para a própria estação", disse o BAS.

"Entretanto, há incerteza suficiente sobre o que poderia acontecer ao gelo durante o próximo inverno antártico para que o BAS mude seus planos operacionais", acrescentou.

"É prudente, por razões de segurança, fechar a estação como medida de precaução e retirar as pessoas antes do inverno antártico começar", disse.

O BAS afirmou que poderia evacuar o pessoal rapidamente nos meses de verão, mas não no inverno, com sua escuridão de 24 horas, temperaturas extremamente baixas e mar congelado.

Atualmente, há 88 pessoas na estação, a maioria delas funcionários apenas de verão, que já deveriam deixar o local.

Houve seis estações de pesquisa Halley na plataforma de gelo Brunt desde 1956.

As medições de ozônio na Halley levaram à descoberta do buraco da camada de ozônio sobre a Antártica em 1985, e a estação é importante para o monitoramento das mudanças climáticas.

O BAS disse que "todos os esforços" estavam sendo feitos para continuar as experiências científicas em curso no local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos