Alpes podem perder 30% da camada de neve com um aquecimento global de 2ºC

Paris, 16 Fev 2017 (AFP) - A camada de neve que cobre os Alpes a cada inverno pode diminuir 30% antes do final do século, mesmo se o aquecimento do planeta se limitar a 2ºC, como prevê o acordo climático de Paris, alerta um estudo divulgado nesta quinta-feira.

A camada de neve vai diminuir e "as futuras emissões (de gases do efeito estufa) determinarão quanto", afirma Christophe Marty, um dos autores do estudo, publicado na revista The Cryosphere.

No caso de que as emissões não diminuam, a espessura e a extensão da camada de neve poderiam diminuir até 70%, advertem os pesquisadores do Instituto para o Estudo da Neve e das Avalanches da Suíça.

Se essa previsão se confirmar, só as estações de inverno situadas a mais de 2.500 metros de altitude poderiam garantir uma temporada completa de esqui.

Mas, seja qual for o nível das emissões de gases do efeito estufa, o estudo demonstra que a camada de neve será menos espessa "em todas as altitudes e em todos os períodos".

A maior parte dos modelos climáticos prevê o aumento das precipitações de inverno devido ao aquecimento global, segundo o estudo.

Mas com a subida das temperaturas, é provável que as precipitações sejam na forma de chuva, e não de neve, revelaram os pesquisadores.

As projeções indicam que, nas zonas situadas abaixo de 1.200 metros - onde estão um quarto das estações de esqui dos Alpes - deixará de haver uma camada de neve contínua durante o inverno.

"Muitas localidades alpinas dependem fortemente do turismo invernal, a economia e a população dessas regiões vão sofrer", escreveu Sebastian Schlögl, um dos autores do estudo.

Além do turismo, "chuvas mais fortes no inverno, uma cobertura de neve menor e o desaparecimento de geleiras alpinas modificarão significativamente o curso dos rios alpinos e sua variação".

Nos Alpes, a gestão da água para irrigação, a geração de energia hidrelétrica e a navegação, portanto, também serão afetadas pelas consequências do aquecimento global acelerado, segundo o estudo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos