Pesquisa revela que batatas podem ser cultivadas em Marte

Lima, 11 Mar 2017 (AFP) - As batatas podem crescer em Marte, revelam pesquisadores do Centro Internacional da Batata (CIP) ao final de uma pesquisa realizada no Peru em cooperação com a Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa).

"Os resultados preliminares são positivos", assinalou o CIP sobre a experiência iniciada em suas instalações em 14 de fevereiro para o plantio de batatas em condições atmosféricas marcianas simuladas.

"O cultivo sob condições como as de Marte é uma importante fase desta experiência", declarou Julio Valdivia Silva, astrobiólogo peruano vinculado à Nasa no ambicioso projeto.

A batata foi semeada em um ambiente restrito especialmente construído, chamado 'CubeSat', que faz parte do projeto "Batatas em Marte" do CIP.

Os pesquisadores do CIP concluíram "que as futuras missões a Marte que desejarem cultivar batatas terão que preparar o solo com espaço e nutrientes para permitir que os tubérculos tenham suficiente ar e água".

"Se podem tolerar as condições extremas as quais estão expostas no nosso CubeSat, têm uma boa chance de se desenvolver em Marte", disse Valdivia.

Utilizando terra adubada e similar a encontrada em Marte (seca e salgada), que os cientistas recolheram no deserto de Pampas de la Joya, no sul do Peru, o CIP aplicou no CubeSat', um ambiente hermeticamente fechado, água rica em nutrientes e um controle de temperatura seguindo o dia e a noite no Planeta Vermelho, mantendo os mesmos níveis de pressão do ar, oxigênio e dióxido de carbono do planeta.

Para a experiência, o CIP selecionou cerca de 100 variedades de batata, algumas com capacidade natural de resistir com pouca água, em terras salgadas e imunes a vírus.

Nos próximos anos, a Nasa planeja construir em Pampa de la Joya, 70 km da cidade de Arequipa, um centro de pesquisas para Marte, como já existe nos Estados Unidos, Antártica e Rússia.

A ideia é que o local seja uma réplica perfeita da superfície e atmosfera de Marte, com os mesmos elementos, radiação e solo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos