Clima: Ban Ki-moon diz que Trump está do lado errado da história

Madri, 14 Jun 2017 (AFP) - O ex-secretário-geral da ONU Ban Ki-moon acusou nesta quarta-feira o presidente americano Donald Trump de estar "do lado errado da história", por retirar seu país do acordo do clima de Paris.

Em uma conferência no hotel Ritz de Madri, Ban Ki-moon afirmou que "a mudança climática é como uma febre" que deve ser combatida e exige nossa união e solidariedade.

Ele expressou uma "profunda preocupação" com a decisão de Trump de retirar seu país do histórico acordo de luta contra a mudança climática alcançado em 2015 em Paris.

O acordo foi assinado por 195 países com o objetivo de reduzir as emissões de gases do efeito estufa, quando Ban Ki-moon era secretário-geral da ONU e Barack Obama presidente dos Estados Unidos.

"Acredito que o presidente Trump está do lado errado da história", afirmou o sul-coreano, que comandou a ONU por 10 anos, até dezembro do ano passado.

"Coo a mudança climática não pode ser detida, nossa solidariedade, nosso esforço comum, tampouco podem ser detidos", completou.

A decisão de Trump recebeu muitas críticas ao redor do planeta.

Após a retirada de Washington do acordo, China e União Europeia reafirmaram o compromisso de luta contra o aquecimento global.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos