Cientistas revelam raro meteorito de 4,5 bilhões de anos na Holanda

Em Haia

  • Koen van Weel/ANP/AFP Photo

    Meteorito com cerca de 4,5 bilhões de anos de antiguidade pode conter indícios sobre criação do Sistema Solar

    Meteorito com cerca de 4,5 bilhões de anos de antiguidade pode conter indícios sobre criação do Sistema Solar

Cientistas holandeses revelaram nesta segunda (26) a descoberta de um meteorito com cerca de 4,5 bilhões de anos de antiguidade, que poderia conter indícios preciosos relativos à criação do Sistema Solar.

"Os meteoritos são muito especiais, visto que não temos rochas desta idade na Terra", declarou o geólogo Leo Kriegsman, do Centro de biodiversidade Naturalis de Leiden (centro), em um vídeo difundido no Youtube.

Com o tamanho de um punho fechado e cerca de 500 gramas de peso, o meteorito atravessou com grande velocidade o teto de uma casa em Waterland, ao norte de Amsterdã, em janeiro passado.

Apesar de terem sido realizadas buscas intensas, não foram encontrados outros fragmentos deste meteorito, descoberto por moradores do lugar.

Apesar de a cada quatro anos ocorrerem verdadeiras chuvas de meteoritos neste país, as pequenas rochas espaciais são muito difíceis de encontrar. Trata-se apenas do sexto meteorito descoberto na Holanda nos últimos 200 anos.

"Podemos aprender mais sobre o que aconteceu no início do Sistema Solar, quando uma nuvem estelar se fragmentou e começaram a se formar minerais, e então começaram a se criar planetoides pela primeira vez", explica Kriegsman.

"Isto nos oferece informação sobre o que ocorreu no começo, quando a Terra se formou", acrescenta.

O geólogo estimou que o meteorito provém da região que se estende entre Marte e Júpiter, onde há um grande cinturão de asteroides, com "muitas rochas e pequenos planetas", que às vezes saem das suas órbitas.

O Centro de biodiversidade de Leiden realizou testes exaustivos com este meteorito antes revelar sua existência, nesta segunda-feira.

"Queremos estar 100% seguros da espécie do meteorito, e por isso primeiro devemos realizar pesquisas", explicou Kriegsman à AFP.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos