Nova descoberta mostra que vida em Marte pode ser impossível; entenda

  • Nasa

    "Coquetel tóxico" na superfície de Marte foi relatado por pesquisadores em estudo da Scientific Reports

    "Coquetel tóxico" na superfície de Marte foi relatado por pesquisadores em estudo da Scientific Reports

Más notícias para a busca de vida em Marte: pesquisadores descobriram que o Planeta Vermelho é "menos habitável" do que se pensava devido à formação de um "coquetel tóxico" em sua superfície pelos efeitos dos raios ultravioleta.

Uma equipe da Escola de Física e Astronomia da Universidade de Edimburgo se interessou pelos percloratos, sais abundantes em Marte.

Este composto, estável à temperatura moderada, se converte em um potente oxidante quando ativado, por exemplo, pelas altas temperaturas.

Marte tem temperaturas frias, mas a equipe descobriu que o perclorato também pode ser ativado apenas pelo efeito dos raios ultravioleta (UV).

"Demonstramos que quando irradiam perclorato com um fluxo de raios UV parecido com o que há em Marte se tornam bactericidas", indicam os pesquisadores em um estudo publicado nesta quinta-feira (6) na revista Scientific Reports.

Com concentrações de perclorato parecidas com as que existem no regolito marciano --fina camada de pó de sua superfície--, a bactéria Bacillus subtilis morre "em minutos", em um ambiente parecido com o do Planeta Vermelho, observaram em seu laboratório.

E o pior é que outros dois compostos presentes em Marte, o óxido de ferro e o peróxido de hidrogênio, atuam em sinergia com os percloratos, aumentando ainda mais a mortalidade das bactérias.

"Nossas observações mostram que a superfície atual de Marte é muito nociva para as células, sob o efeito de um coquetel tóxico de oxidantes, percloratos e raios UV", destacam os pesquisadores.

Pelo menos há uma boa notícia: com este coquetel tóxico, os contaminantes biológicos trazidos pelas missões de exploração em Marte têm "poucas chances de sobreviver", indica o estudo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos