Rússia: 73 satélites colocados em órbita em um único lançamento

Moscou, 14 Jul 2017 (AFP) - Um satélite de observação Kanopouss e 72 satélites menores foram colocados em órbita a partir do cosmódromo de Baikonur (Cazquistão), anunciaram a agência espacial russa Roskosmos e o centro de pesquisa Glavkosmos.

"Em 14 de julho às 06H36 GMT (03H36 de Brasília), um foguete Soyuz-2.1A decolou com sucesso do cosmódromo de Baikonur (Cazquistão) levando um satélite de observação da Terra Kanopouss-V-IK e (outros) 72 satélites" menores, anunciou em um comunicado a Roscosmos.

Citado pelas agências de notícias russas, um porta-voz do centro de pesquisa russo Glavkosmos, encarregado de colocar os satélites em órbita, afirmou depois "que o último dos satélites da missão se separou do estágio superior às 14H41 GMT" (11H41 de Brasília), saudando o sucesso da missão.

Os satélites foram colocados em três órbitas diferentes.

"Pela primeira vez no mundo, se desenvolveu e se implementou uma missão tão complexa e importante", ressaltou Glavkosmos.

O satélite Kanopouss é um satélite russo de observação da Terra, utilizado para detectar incêndios florestais ou para atualizar mapas topográficos.

Entre os outros 72 satélites, havia satélites japoneses, alemães e canadenses e 62 nanosatélites CubeSat, desenvolvidos nos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos