Misterioso visitante interestelar não parece ser obra de extraterrestres

Em Paris

  • ESO/M. Kornmesser

    Oumuamua está deixando campo de visão dos astrônomos, após passar pelo Sistema Solar

    Oumuamua está deixando campo de visão dos astrônomos, após passar pelo Sistema Solar

O misterioso Oumuamua, um objeto em forma de cigarro vindo de outro sistema estelar e que foi detectado recentemente, "não emite sinais artificiais", segundo as primeiras observações de cientistas à procura de vida inteligente fora da Terra tornadas públicas nesta quinta-feira.

O objeto rochoso, cujo nome significa "mensageiro" na língua havaiana, foi detectado em 19 de outubro com o telescópio Pan-STARRS1, situado no Havaí, que rastreia os objetos que se aproximam da Terra.

Leia também:

Em um estudo publicado na revista científica "Nature" em 21 de novembro, uma equipe de pesquisadores considerou que se tratava de um asteroide de 400 metros de comprimento e 40 de largura.

Sua forma não tem precedentes na longa lista de asteroides e cometas que se formaram em nosso Sistema Solar, segundo esses pesquisadores, que concluíram que esse asteroide era de natureza interestelar.

Segundo os astrônomos, esse objeto incomum cruzou a Via Láctea durante milhões de anos, antes de chegar ao nosso Sistema Solar.

O programa Breakthrough Listen, destinado à busca de vida tecnológica extraterrestre no Universo, focou seu poderoso radiotelescópio de Green Bank (Virgínia Ocidental) sobre Oumuamua.

"Não descobriram sinais artificiais vindos desse objeto até agora (...), mas a vigilância e a análise de dados continua", explicou Breakthrough Listen em comunicado.

Observatório mostra imagens de galáxia vizinha à nossa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos