Astronautas concluem caminhada espacial para reparar braço robótico na ISS

Miami, 23 Jan 2018 (AFP) - Dois astronautas americanos realizaram nesta terça-feira (23) uma expedição fora da Estação Espacial Internacional para reparos no braço robótico da estação orbital, informou a Nasa, que transmitiu ao vivo as imagens da expedição.

Os engenheiros de voo Mark Vande Hei e Scott Tingle mudaram o sistema de seus trajes espaciais a bateria interna, saíram da câmara de descompressão e se lançaram no vácuo. A expedição terminou às 16h13 de Brasília e durou sete horas e 24 minutos.

Os astronautas substituíram com sucesso uma "mão" do braço mecânico de 17 metros, fabricado no Canadá, chamado Canadarm2.

O braço, que é usado para agarrar naves de carga e mover objetos fora do laboratório espacial, "sofreu certa degradação de seus cabos", apontou a NASA em comunicado.

Este dispositivo tem sido uma peça-chave da equipe da estação orbital há 17 anos, mas em agosto perdeu a capacidade de agarrar com eficiência.

Em outubro de 2017, os astronautas da Nasa completaram três caminhadas espaciais para reparar o braço robótico e substituir as câmeras necessárias para obter uma boa visão das naves de carga que se aproximavam.

A saída nesta terça-feira foi a primeira caminhada espacial para Tingle e a terceira para Vande Hei.

Outra caminhada espacial está prevista para 29 de janeiro, que inclui Vande Hei e o engenheiro de voo Norishige Kanai, da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA), para continuar o trabalho de reparos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos