App dá recompensas para estudantes ficarem longe do celular

Jane Wakefield - Repórter de tecnologia

Um aplicativo que recompensa estudantes pelo tempo que eles ficam longe do celular está sendo lançado no Reino Unido. Chamado de Hold, foi desenvolvido por três estudantes que se conheceram na Copenhagen Business School e quiseram desenvolver algo para ajudar a combater o problema da distração provocada pelo celular.

O app, que já conquistou mais de 120 mil usuários na Noruega, Dinamarca e Suécia, será oficialmente lançado em 170 universidades do Reino Unido. Gratuito, ele funciona tanto em Android como em iOS.

Os estudantes acumulam 10 pontos para cada 20 minutos sem usar o telefone, entre 7:00 e 23:00, em dias úteis. Os pontos podem ser trocados por produtos e serviços em uma loja do próprio app. Entre as marcas ofertadas estão a Amazon, uma rede de cinemas e uma cafeteria.

Para ganhar dois cafés, os estudantes precisam de 300 pontos - obtidos em 10 horas no aplicativo. Para pipoca no cinema, são 60 pontos - ou duas horas sem o celular. Também é possível trocar os pontos por livros e objetos de papelaria, que foram doados através da Unicef.

Especialistas estão cada vez mais preocupados com a distração provocada pelo celular. De acordo com um estudo de 2017 da Universidade do Texas, o simples fato de ter um celular ao alcance do olho pode reduzir a produtividade, desacelerar a velocidade de respostas e diminuir as notas escolares.

Outro estudo, da London School of Economics, apontou que estudantes que não usaram seus smartphones na escola tiveram um aumento de 6,4% nas notas das provas.

Saúde mental

Os criadores do app - Maths Mathisen, Florian Winder e Vinoth Vinaya - também experimentaram a distração por causa do celular.

"Eu tive a ideia do app quando era estudante. Eu sei o quão difícil é se concentrar nos estudos quando há a opção de trocar mensagens, entrar nas redes sociais ou jogar no celular. Com o Hold, nossa missão é limitar essa distração, recompensando os estudantes e dando um incentivo para eles se focarem", fala Mathisen.

"Um quarto dos estudantes na Noruega fizeram o download do Hold apenas três meses depois do lançamento. Isso mostra que os jovens estão preparados para mudar (de comportamento), deixando seus telefones de lado enquanto estudam."

Louise Theodosiou, psiquiatra no Hospital Infantil Royal Manchester, aprovou a iniciativa: "É positivo ver apps que reconhecem que os estudantes vão, invariavelmente, usar o telefone e oferecem uma solução real para balancear o uso da tecnologia. Nós sabemos que o bem estar pode ser aprimorado por meio do exercício e convivência com amigos e família".

"Recompensas relacionadas a viagens ou atividades sociais podem ser um incentivo para estudantes administrarem seu dinheiro. As mídias sociais são uma ferramenta que pode ser positiva ou negativa. Ajudar os jovens a aprender a estruturar como e quando eles usam (o telefone) pode ser uma ferramenta valiosa", completa Theodosiou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos