Topo

Nave russa se acopla à ISS com três tripulantes a bordo

De Moscou

26/09/2013 01h57

A nave russa Soyuz TMA-10M, com três tripulantes a bordo, se acoplou com sucesso nesta quinta-feira (26) à Estação Espacial Internacional (ISS), informou o Centro de Controle de Voos (CCVE) da Rússia.

A manobra, que aconteceu de forma automática, aconteceu às 23h48 (de Brasília da quarta-feira), como estava previsto, segundo as agências locais.

A Soyuz foi lançada há menos de seis horas da base de Baikonur no Cazaquistão, com a ajuda de um foguete portador Soyuz-FG.

A tripulação da Soyuz TMA-10M, que abrirá as escotilhas dentro de uma hora, é composta pelos cosmonautas russos Oleg Kotov e Sergei Riazanski, e pelo astronauta americano Michael Hopkins.

Para Kotov, está é sua terceira viagem à Estação Espacial Internacional, enquanto para Riazanski e Hopkins, está é a primeira.

Segundo as previsões, os três astronautas permanecerão na estação durante 168 dias e vão realizar várias caminhadas espaciais e diversos experimentos científicos.

Entre outras coisas, receberão a tocha dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi 2014, que sairá pela primeira vez ao espaço exterior durante uma caminhada no próximo dia 9 de novembro, segundo o Centro de Treinamento de Cosmonautas da Rússia.

Precisamente, Kotov e Riazanski serão os encarregados de levar a tocha olímpica para o espaço exterior pela primeira vez na história.

"A tocha, que sairá ao espaço exterior, é a mesma que acenderá a pira com a chama olímpica de Sochi", disse Dmitri Chernishenko, presidente do comitê organizador dos Jogos de Inverno.

No dia 20 de novembro os seis astronautas da Estação celebrarão o 15º aniversário do início da construção da plataforma, cuja vida útil foi prolongada até 2020.

Na Estação Espacial estão o cosmonauta russo Fyodor Yurchikhin, o italiano Luca Parmitano e a americana Karen Nyberg, que retornarão ao planeta Terra no dia 11 de novembro.

Desde que os ônibus espaciais americanos foram aposentados, as naves Soyuz são o único meio de transporte entre a Terra e a ISS.

Um leilão beneficente da Fundação para a Pesquisa da Aids (amfAR) arrecadou 1,2 milhão de euros (cerca de R$ 3,378 milhões) ao promover uma viagem espacial ao lado de Leonardo DiCaprio (foto). O russo Vasily Klyukin e um casal vão passar três dias em treinamento com o ator no México antes da decolagem - o quarteto está entre as primeiras mil pessoas a participar do voo da Virgin Galactic, garantiu a amfAr Leia mais Ian Langsdon/Efe

Mais Notícias