Soyuz TMA-15M, com três tripulantes a bordo, se acopla à ISS

Em Moscou

A nave russa Soyuz TMA-15M, com três tripulantes a bordo, se acoplou nesta segunda-feira com sucesso à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), informou a Roscosmos, a agência espacial russa.

"O acoplamento aconteceu em modo automático", disse um porta-voz da Roscosmos à agência "Interfax".

A Soyuz TMA-15M levou à ISS o cosmonauta russo Anton Shkaplerov, a italiana Samantha Cristoforetti e o americano Terry Virts, que integram a expedição 42/43 na plataforma orbital.

O voo da nave russa para a ISS teve uma duração de pouco menos de seis horas, já que se utilizou a chamada trajetória rápida, que permite à Soyuz chegar à estação após dar apenas quatro voltas ao redor Terra.

Segundo a Roscosmos, as escotilhas serão abertas depois que se verifique o acoplamento e a pressão da Soyuz à da ISS sejam igualadas, processo que habitualmente leva cerca de duas horas.

Os recém chegados se somarão aos atuais três tripulantes da estação: os cosmonautas russos Yelena Serova e Aleksandr Samokutyaev, e o astronauta americano Barry Wilmore.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos