Empresa japonesa cria método para se obter grafeno pela metade do preço

Tóquio, 5 jan (EFE).- A companhia japonesa Osaka Gas desenvolveu um método para se obter grafeno (uma lâmina de carbono puro de um átomo de espessura) a partir de grafite de alta pureza, pela metade do custo dos métodos convencionais, informou nesta terça-feira o jornal "Nikkei".

A técnica consiste em uma colisão a alta velocidade de grafite com uma mistura de substâncias que inclui fluoreno (um tipo de hidrocarboneto aromático policíclico) à base de carbono e água.

O método convencional para obter grafeno é conectar os átomos de carbono de um gás que contém carbono no vácuo, um processo que tem um custo de cerca de 20.000 ienes (US$ 167) por quilograma de material obtido.

Com seu novo procedimento, a companhia de gás japonesa prevê baixar o custo de produção para menos de 10.000 ienes (US$ 84) por quilo, detalhou o jornal japonês.

A empresa já começou a fornecer o material como teste para dez companhias, entre as quais se encontram fabricantes de plástico e de eletrônicos, e deve começar com a produção em grande escala que está prevista para este ano.

A companhia química Adeka, também japonesa, planeja começar a produção comercial de grafeno em 2020.

Usando uma tecnologia patenteada pela Universidade de Tóquio que permite produzir grafeno através da esfoliação de grafite utilizando micro-ondas, a Adeka tem como objetivo reduzir o custo também para cerca de 10.000 ienes o quilo.

O grafeno é um material ainda em estudo que pode chegar a ser tão duro como o diamante, condutor de calor e eletricidade, com aplicações em campos tão variados como medicina, eletrônica, telecomunicações e construção civil.

Misturado com plástico pode produzir autopeças mais duras e leves que criem carros menos pesados, e no setor dos smartphones é utilizado em telas tácteis, eletrodos e em outros componentes para a produção de aparelhos mais finos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos