Furacão Alex se degrada a tempestade tropical após chegar a Açores

Miami, 15 jan (EFE).- O furacão Alex se degradou nesta sexta-feira a tempestade tropical após tocar a terra no arquipélago português das Açores, no Atlântico central, e a expectativa é que perca suas características tropicais nas próximas horas, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Alex, que alcançou esta manhã categoria 2, com ventos máximos constantes de 170 km/h, está 55 quilômetros ao norte da ilha de Terceira e se desloca rapidamente em direção ao norte com uma velocidade de 44 km/h.

O furacão Alex é o primeiro do Atlântico que se forma em um mês de janeiro em quase 80 anos, fora da temporada de furacões, que começa em 1º de junho e termina em 30 de novembro.

O NHC, com sede em Miami, explicou em seu boletim mais recente que Alex apresenta ventos máximos constantes de 55 km/h e que foram cancelados todos os avisos e vigilância de tempestade e furacão para as ilhas portuguesas.

Açores superou a tempestade subtropical Alex sem feridos nem vítimas mortais e apenas com danos materiais leves.

Segundo as autoridades locais, o fenômeno provocou apenas quedas de árvores, desabamentos leves e pequenas inundações.

Em São Miguel, a principal ilha das Açores, foram registrados 34 litros por metro quadrado de precipitações, e em sua capital, Ponta Magra, houve rajadas de vento próximas aos 110 quilômetros.

Em algumas localidades desta ilha, como Rabo de Peixe, houve falta de energia elétrica.

O arquipélago das Açores, o território mais afastado de Portugal continental, é formado por nove ilhas de origem vulcânica habitadas por menos de 250 mil pessoas.

Na última temporada atlântica de furacões foram registradas 11 tempestades tropicais, quatro se transformaram em furacão e duas, Danny e Joaquín, alcançaram categoria maior, graus 3 e 4, respectivamente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos