Ban convoca líderes mundiais para cerimônia de assinatura de acordo de Paris

Abu Dhabi, 18 jan (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, fez nesta segunda-feira um chamado aos líderes políticos de todos os países para que participem, no próximo dia 22 de abril, da cerimônia de assinatura do acordo do clima de Paris e assim festejar em Nova York este "triunfo" da diplomacia internacional.

Ban lançou este convite para os chefes de Estado e de governo dos 195 países que assinaram o pacto climático de Paris em dezembro durante a inauguração, hoje, da Cúpula Mundial Energia do Futuro em Abu Dhabi, dedicada a analisar o impacto desse acordo.

"Muita gente duvidava que pudéssemos conseguir um acordo assim, porque levávamos 20 anos tentando, mas o alcançamos e é um triunfo para as pessoas e para o planeta", disse.

Ban ressaltou que "Paris já marcou o caminho a seguir pelos países em direção a uma economia "baixa em carbono, e agora é o momento da ação, que passa por acabar com os subsídios aos combustíveis fósseis e por apostar forte na energia limpa e sustentável".

Essa aposta pode salvar 2,3 bilhões de vidas de pessoas que morrem a cada ano no mundo devido à poluição, ressaltou.

"Começamos a escrever o seguinte capítulo: os líderes globais nos indicaram um roteiro com esse acordo, um caminho, já em andamento, rumo à transformação da economia global em direção a um novo modelo baixo em carbono, que é inevitável e benéfico para todos", explicou.

O acordo de Paris é "uma oportunidade sem precedentes para as energias renováveis", ressaltou Ban, que lembrou que os investimentos em energia limpa aumentaram 4% nos últimos dois anos e que este número dobrará em 2020.

"O setor privado sabe que os investimentos limpos e resilientes à mudança climática são uma oportunidade, e que aqueles que apostarem por eles serão os líderes do século XXI", ressaltou.

"Cada dólar investido em projetos que contribuam para a luta contra a mudança climática movimentará a nova economia, criará trabalho e limpará o ar que respiramos", concluiu.

A 21ª Conferência das Partes (COP21) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) aconteceu em Paris em dezembro e chegou a um acordo para a redução da emissão de gases através de planos nacionais, que deverão ser revisados a cada cinco anos, com um objetivo de reduzir a elevação da temperatura global a apenas 1,5º acima dos níveis pré-industriais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos