Expedição chinesa confirma a existência de abismo gigante na Antártida

Pequim, 19 jan (EFE).- Uma expedição chinesa na Antártida confirmou a existência de um abismo gigante de mais de mil quilômetros de extensão atualmente coberto de gelo, o que o transforme em um dos maiores do mundo, informou nesta terça-feira a agência oficial "Xinhua".

O abismo, de 1.500 metros de profundidade e 26,5 quilômetros de largura em sua parte superior, tinha sido inicialmente descoberto por cientistas da Universidade de Durham, no Reino Unido, através de prospecções geológicas na Terra da Princesa Isabel, uma das áreas da Antártida mais inexploradas.

A expedição chinesa, a número 32 que o país asiático envia ao continente gelado, trabalhava nessa zona desde o mês de novembro, e nos últimos meses também confirmou a presença de uma rede de rios e lagos sob o gelo do abismo, que transportam água até a costa.

Os cientistas chineses exploraram a zona, de 866 mil quilômetros quadrados, com um avião especializado em voos em zonas polares, dotado de radares para o gelo e sistemas de posicionamento global de alta precisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos