Michelangelo sofria de artrite, diz revista britânica

Londres, 3 fev (EFE).- O pintor, escultor, poeta e arquiteto Michelangelo teve artrite devido ao uso excessivo do martelo e do cinzel, mas isso não lhe impediu continuar trabalhando até seis dias antes de morrer, revelou um estudo publicado nesta quarta-feira na revista "Journal of the Royal Society of Medicine".

O gênio florentino, considerado um dos maiores artistas da história, sofreu no fim da vida com osteoartrite crônica, o que lhe deixou com protuberâncias nas articulações dos dedos das mãos. Segundo a publicação britânica, três imagens de Michelangelo Buonarroti de quando ele tinha entre 60 e 65 anos mostram como a doença, provocada pelo contínuo uso das ferramentas, deixou as articulações deformadas.

O cirurgião plástico Davide Lazzeri, que estudou todas as obras de Michelangelo, percebeu como as mãos do artista "vão se enrijecendo à medida que ele envelhece".

"O diagnóstico da osteoartrite oferece uma explicação crível que a perda de destreza que ele sofreu era muito maior e destaca sua vitória sobre a doença, já que seguiu trabalhando até seus últimos dias de vida. De fato, o intenso trabalho pode ter ajudado Michelangelo a continuar utilizando as mãos por mais tempo", afirmou.

Em cartas escritas ao sobrinho e datadas de 1552, o artista que fez a o teto da Capela Sistina relatava que a dores nas mãos provocavam "muito mal-estar".

"É amplamente sabido que Michelangelo padeceu de uma doença que afetava suas articulações. No passado, isso foi atribuído à gota, mas nossas análises demonstram que é preciso descartar essa hipótese", explicou Lazzeri.

Apesar de a dor ser frequente, o gênio italiano, que trabalhou para oito papas, continuou ativo até 1564, quando morreu, a três semanas de completar 89 anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos