Resgatados 7 espeleólogos espanhóis que ficaram presos em caverna na França

Paris, 10 fev (EFE).- Os sete espeleólogos espanhóis que ficaram presos ontem em uma caverna dos Pirineus franceses foram resgatados e conseguiram sair à superfície, cansados mas sem ferimentos, informou nesta quarta-feira à Agência Efe a prefeitura do departamento de Haute-Garonne.

O grupo está "surpreendido pela repercussão", acrescentaram fontes consulares de Toulouse, que responde pela região do acidente.

Os espeleólogos têm entre 30 e 50 anos, pertencem a diferentes associações de espeleologia espanholas e embora fossem amadores, tinham muitas horas de prática.

As fontes destacaram o bom trabalho da equipe de resgate francês, que no primeiro momento alimentaram o grupo e esperou que recuperassem forças antes de tirá-los da caverna.

O grupo estava composto de 15 pessoas no total, que se dividiram ontem em dois para explorar a caverna de Mile por duas entradas diferentes para se encontrarem dentro dela.

Uma equipe de oito espeleólogos se deu conta que estava mnuito atrasada e decidiu voltar, enquanto os membros do outro grupo, que não puderam ser avisados por seus companheiros, seguiram adiante.

Os oito que voltaram alertaram às autoridades ao ver que os outros não tinham saído da caverna na hora prevista, o que desencadeou a operação de resgate.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos