Japão lança satélite para observação de buracos negros

Tóquio, 17 fev (EFE).- O Japão lançou nesta quarta-feira ao espaço, com sucesso, o satélite astronômico Astro-H, projetado para observar os raios-X emanados por buracos negros e agrupamentos de galáxias.

O satélite foi lançado a bordo de um foguete H-2A às 17h45 local (6h45, em Brasília) desde a estação espacial situada na ilha de Tanegashima, na Prefeitura de Kagoshima (sudoeste do país).

O lançamento estava originalmente previsto para 12 de fevereiro, mas teve que ser cancelado devido às más condições meteorológicas.

Com este são 24 lançamentos bem-sucedidos consecutivos do H2-A, desenvolvido pela Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) e a Mitsubishi Heavy Industries.

O Astro-H tem cerca de 14 metros de comprimento e pesa 2,7 toneladas, o que o transforma no satélite mais pesado lançado até agora pelo Japão.

O dispositivo, fabricado pela JAXA, Nasa e outras instituições, orbitará a cerca de 580 quilômetros de altura e observará buracos negros e agrupamentos galáticos distantes através de seus detectores de raios gama e quatro telescópios de raios-X.

Entre estes destaca-se o "Microcalorímetro de raios X", um instrumento de última geração que ostenta o maior espectro para observar raios X no espaço projetado até o momento.

Os cientistas esperam começar a obter dados a grande escala a partir do próximo verão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos