Rússia enviará nave não tripulada à Lua em 2021

De Moscou

  • Nasa/Project Apollo Archive

    Imagem da superfície da Lua

    Imagem da superfície da Lua

A Rússia enviará uma nave não tripulada à Lua em 2021, parte do novo programa espacial aprovado nesta quinta-feira pelo governo, anunciou Igor Komarov, diretor da agência espacial russa, Roscosmos.

"Dentro da realização da segunda fase do programa lunar planejamos iniciar em 2021 a variante não tripulada da nave espacial de nova geração", disse Komarov durante um reunião presidida pelo primeiro-ministro, Dmitri Medvedev.

Esse lançamento vai acontecer não desde a tradicional plataforma de lançamento de Baikonur, no Cazaquistão, mas desde a nova base Vostochni, no Extremo Oriente, que será inaugurada em breve.

Há alguns meses o consórcio estatal Energuia, fabricante das naves espaciais, já tinha antecipado que a Rússia enviaria uma missão tripulada ao satélite em 2029.

Na opinião dos especialistas russos, o retorno à Lua, onde o primeiro homem piso em 1969, é crucial para futuros voos interplanetários.

A agência espacial russa, Roscosmos, decidiu modificar sua estratégia, centrada na conquista de Marte, após o imenso fracasso em 2011 da missão do "Fobos Grunt" que pretendia extrair amostras em uma das luas do planeta vermelho.

Komarov também explicou que a Estação Espacial Internacional será explotarada até 2024, e que depois os módulos russos a utilizarão para equipar a futura estação orbital russa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos