Variantes genéticas influenciam na idade de início das relações sexuais

Londres, 18 abr (EFE).- A idade em que os adolescentes iniciam a vida sexual é afetada por certas variantes genéticas, revelou um estudo publicado nesta segunda-feira pela revista "Nature Genetics".

Cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, identificaram esses fatores genéticos que influenciam na idade da primeira relação sexual e no primeiro parto.

O estudo explica que não só fatores sociais e econômicos marcam o começo das relações sexuais e da primeira gravidez, que também são afetadas pelas variantes genéticas encontradas pelos pesquisadores.

A pesquisa revelou diferenças hereditárias com a puberdade, que caiu de 18 anos de média em 1880 para 12,5 em 1980, em homens e mulheres, além de ter mostrado uma correlação entre a chegada da puberdade e a idade da primeira relação sexual.

"Embora os fatores sociais e culturais sejam claramente relevantes, determinamos que a idade do primeiro encontro sexual de uma pessoa é influenciada pelos genes que atuam no momento da maturidade física e por aqueles que contribuem com as diferenças naturais em nosso tipo de personalidade", afirmou John Perry, um dos autores do estudo.

Perry e o coautor da pesquisa, Ken Ong, realizaram um estudo que contou com a participação de mais de 125 mil pessoas (59.357 homens e 66.310 mulheres), com idades entre 40 e 69 anos, e identificaram 38 variantes relacionadas com a idade da primeira relação sexual. EFE

jp/lvl

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos