Depressão tropical se transforma na tempestade Colin

Miami, 5 jun (EFE).- Uma depressão tropical se transformou neste domingo na tempestade Colin enquanto avança do sudeste do México rumo ao noroeste da Flórida, ao aumentar seus ventos máximos constantes para 65 Km/h, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

O NHC espera que esta noite a tempestade tome direção norte-nordeste com uma maior velocidade que a atual e se mantiver essa trajetória chegue à costa do chamado Big Band da Flórida na segunda-feira depois do meio-dia, possivelmente reforçada.

O Centro Nacional de Furacões previu fortes chuvas em uma ampla região que inclui a península de Iucatã (México), parte de Cuba e a península da Flórida e seus Cayos.

"Espera-se que Colin produza acúmulos de chuva de 3 a 5 polegadas (76 a 172 milímetros) com máximas em áreas isoladas de 8 polegadas (203 milímetros) possivelmente no nordeste da Península de Iucatã, no oeste de Cuba e na Flórida", afirmou o NHC.

O governador da Flórida, Rick Scott, reiterou seu apelo aos habitantes do estado para que se preparem devidamente para a onda de mau tempo, com chuva forte e inundações, que se aproxima, e a Guarda Litorânea fez também uma advertência aos navegantes para que não se exponham a riscos desnecessários.

Colin é a terceira tempestade tropical que se forma este ano no Oceano Atlântico. A temporada de ciclones no Atlântico começa em 1º de junho e termina em 30 de novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos