Sonda Juno vai entrar na órbita de Júpiter na segunda-feira

Em Washington

  • Richard Vogel/AP

    Modelo da espaçonave Juno, movida à energia solar, da Nasa é exposto no Laboratório de Jato-Propulsão, em Pasadena, na Califórnia (EUA)

    Modelo da espaçonave Juno, movida à energia solar, da Nasa é exposto no Laboratório de Jato-Propulsão, em Pasadena, na Califórnia (EUA)

A sonda Juno se aproxima sem problemas de Júpiter, após ter entrado em seu campo magnético e está preparada para começar orbitar o planeta a partir do dia 4 de julho, informou a Nasa.

O Juno ingressou nesta sexta-feira na área influída pelo campo magnético de Júpiter, que retarda o vento procedente do sol, explicou a agência espacial americana.

Os cientistas da missão mostraram um vídeo no qual se pode escutar o trânsito da nave, que na próxima segunda-feira começará sua missão orbital para analisar o maior planeta do Sistema Solar.

"Só esse som indica que chegaremos em poucos dias em Júpiter", afirmou em entrevista coletiva Scott Bolton, chefe principal da missão e pesquisador do Southwest Research Institute de San Antonio (Texas).

Bolton acrescentou que os dados que já foram enviados pelo Juno para a Terra ajudam os cientistas não só para determinar com mais precisão a estrutura do planeta, incluído se Júpiter tem núcleo, mas fornecer mais chaves sobre as origens do Sistema Solar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos