Sobe para 230 o número de mortos por fortes chuvas na China

Pequim, 25 jul (EFE).- O número de mortos pelas fortes chuvas que desde a semana passada castigam o centro e o norte da China chegou a 230, segundo os últimos dados do Ministério de Assuntos Civis citados pela agência oficial "Xinhua".

A província de Hebei, próximo à Pequim e Tianjin, continua sendo a mais afetada, e as autoridades locais elevaram nesta segunda-feira de 130 para 164 o número de mortos na região, onde 125 pessoas estão desaparecidas.

As fortes chuvas na metade setentrional do país afetaram 14,76 milhões de pessoas em 10 divisões administrativas e obrigaram o deslocamento de 514 mil habitantes.

Segundo as autoridades, cerca de 125 mil pessoas "precisam urgentemente de assistência básica" nas áreas afetadas, onde 126 mil casas foram derrubadas, 344 mil sofreram danos e 1,18 milhão de hectares de campos de cultivo ficaram inundados.

O governo chinês calcula que o temporal e as inundações subsequentes nos últimos dias causaram perdas de 31,14 milhões de iuanes, cerca de US$ 4,7 bilhões.

Trata-se da pior época de chuvas vivida por algumas regiões do país desde o final dos anos 90.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos