Gastón se transforma em ciclone pós-tropical e deve se dissipar no domingo

Miami, 3 set (EFE).- Gastón, que nesta madrugada foi rebaixado a depressão tropical ao passar pelo arquipélago dos Açores, enfraqueceu até se transformar em ciclone pós-tropical, informou neste sábado o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Segundo o último boletim divulgado pelo centro meteorológico com sede em Miami (Flórida), o centro de Gastón se encontrava 260 quilômetros ao nordeste da ilha de Faial, no centro dos Açores, onde há maré alta.

O ciclone pós-tropical apresentava ventos máximos constantes de 55 km/h, com rajadas mais fortes, e a expectativa é que enfraqueça nas próximas horas até se dissipar totalmente no domingo, informou o NHC.

Gastón, que foi o terceiro furacão que se formou na atual temporada de furacões no Atlântico, se movimenta com direção leste-nordeste a uma velocidade de translação de 28 km/h.

O ciclone, que chegou à categoria 3 na escala Saffir-Simpson, foi o primeiro dos considerados maiores a se apresentar nesta temporada, embora tenha permanecido muito longe de terra durante seus níveis de maior intensidade.

Das oito tempestades tropicais formadas no Atlântico desde o dia 1º de junho, quatro chegaram a se tornar furacões - Alex, Earl, Gastón e Hermine. Earl deixou 54 mortos no México no início deste mês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos