China inagura o maior radiotelescópio do mundo

Pequim, 25 set (EFE).- A China acionou neste domingo o maior radiotelescópio do mundo, com uma bacia de 500 metros de diâmetro, com o qual espera contribuir para a pesquisa dos mistérios do universo, informou a imprensa oficial.

O radiotelescópio, conhecido por sua sigla em inglês FAST, fica em uma região montanhosa da província de Guizhou (sudoeste) e sua construção, que começou em 2011, terminou no início de julho passado.

A bandeja é formada por 4.450 painéis, que constituem uma superfície equivalente a trinta campos de futebol, e seu meio quilômetro de diâmetro supera em muito o de Arecibo (Porto Rico), que com seus 305 metros era desde 1963 até este ano o maior radiotelescópio do mundo.

O orçamento do projeto foi de 1,2 bilhões de iuanes (US$ 180 milhões).

Para a construção foi necessário retirar 9.000 moradores da região, enquanto os que ficaram em seus arredores têm limitado o uso de dispositivos de telecomunicações (como telefones celulares) para não interferir com as operações do radiotelescópio.

A região foi escolhida devido a seu isolamento de áreas densamente povoadas e a que sua formação orográfica permitia realizar a construção da bacia com menos obras de preparação do terreno.

O radiotelescópio será usado para analisar ondas procedentes do espaço para ajudar na compreensão do universo e também na busca de vida extraterrestre.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos