Nave russa Soyuz MS-02 é lançada rumo à Estação Espacial Internacional (ISS)

Baikonur (Cazaquistão), 19 out (EFE).- A nave russa Soyuz MS-02, com três tripulantes a bordo, foi lançada nesta quarta-feira a partir da base de Baikonur, no Cazaquistão, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS).

Na nave, a segunda da nova série de Soyuz, viajam os astronautas russos Sergey Ryzhikov (comandante) e Andrei Borisenko, e o americano da Nasa, Shane Kimbrough, que cumprirão uma missão espacial de 155 dias.

O lançamento, inicialmente previsto para o dia 23 de setembro, foi adiado por conta de uma imperfeição em um dos cabos do sistema de aterrissagem da nave, foi realizado com ajuda de um foguete portador Soyuz-FG.

Segundo o plano de voo, a Soyuz MS-02 se acoplará à ISS na próxima sexta-feira.

Da mesma forma que com o lançamento da primeira nave da nova série de Soyuz, a agência espacial russa Roscosmos, optou pelo "esquema lento" de aproximação e acoplamento à ISS, e não pelo que vinha utilizando ultimamente, que permite se enganchar a plataforma seis horas depois da decolagem.

Os dois dias de voo permitirão verificar o funcionamento dos sistemas da nova nave.

Os tripulantes da Soyuz MS-02 serão recebidos na plataforma orbital por seus atuais inquilinos: o russo Anatoli Ivanishin, o japonês Takutya Onishi e a americana Kathleen Rubins, que estão há três meses no espaço.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos