Japão aborta lançamento do menor foguete do mundo

Em Tóquio

  • AFP/Jiji Press

    SS-520 é lançado antes de missão ser abortada

    SS-520 é lançado antes de missão ser abortada

A Jaxa (Agência de exploração Aeroespacial do Japão) lançou neste domingo um novo minifoguete de baixo custo, considerado o menor do mundo capaz de um satélite pôr em órbita, mas teve que abortar a operação por motivos técnicos.

O lançamento do foguete de 52 centímetros de diâmetro e menos de 10 metros de altura aconteceu no Centro Espacial de Uchinoura, na cidade de Kagoshima, mas minutos depois se decidiu não ativar a segunda etapa do voo, por não se receber informações do foguete.

O foguete de três estágios, que levava um minissatélite de observação da superfície terrestre, é uma versão melhorada do modelo de dois estágios SS-520 da Jaxa, e seu lançamento custa a décima parte de um convencional.

A produção e custo de lançamento deste novo veículo, um projeto liderado pela Jaxa mas no qual empresas privadas como a Canon estiveram envolvidas, se estima em cerca de 500 milhões de ienes (US$ 4,3 milhões), segundo a agência "Kyodo".

Com um tamanho cinco vezes menor que um convencional, o foguete é projetado para pôr em órbita satélites de até 4 quilos a uma altitude de até 2.000 quilômetros.

A agência espacial japonesa tinha previsto realizar um primeiro lançamento na quarta-feira passada, mas então teve que ser adiado por questões climatológicas.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos