Tempestade de neve castiga Nova York, porém com impacto menor que o esperado

Nova York, 14 mar (EFE).- O intenso trabalho das máquinas para remover a neve marcou nesta terça-feira em Nova York o início da pior tempestade de inverno que, no entanto, estava tendo um impacto menor do que o esperado.

No centro de Manhattan as ruas estavam quase vazias, praticamente sem trânsito e as calçadas cheias de neve, que começou a cair durante a madrugada tanto na cidade, a mais populosa dos Estados Unidos, como em todo o nordeste do país.

Apesar de intensa, a nevasca causou efeitos menores do que o esperado, e as autoridades decidiram cancelar o alerta meteorológico em Nova York, mas o manteve para as regiões ao norte e ao oeste da cidade.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, após uma primeira avaliação do impacto, decidiu proibir o tráfego de caminhões em várias estradas do estado pelos riscos de acidentes.

Além disso, 99% dos voos com origem ou destino ao aeroporto de LaGuardia tinham sido cancelados, e no terminal de JFK, o mais importante do estado, dois terços.

O metrô de Nova York, que transporta diariamente seis milhões de pessoas, está funcionando parcialmente e não opera nos trechos ao ar livre, assim como o serviço de ônibus urbanos, que poderá ser suspenso caso as condições do tempo piorem.

O alerta de inundações está mantido em partes do estado vizinho de Nova Jersey e nos distritos nova-iorquinos de Queens e Staten Island.

O Serviço Meteorológico diminuiu nesta terça-feira a previsão de neve esperada na cidade de Nova York de 20 centímetros para a metade, embora nos subúrbios do norte da cidade e nos estados vizinhos o volume possa chegar os 61 centímetros.

Anteriormente estava previsto que na cidade cairiam cerca 50 centímetros de neve.

Todas as escolas públicas nas cidades de Nova York e Boston estão fechadas, e o governo do estado de Nova York pediu que não a população saia de casa para trabalhar a não ser que seja estritamente necessário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos