Nasa apresenta relógio atômico para melhorar navegação no espaço

  • Surrey Satellite Technology/Nasa

    Tom Cwik, chefe do Programa de Tecnologia Espacial e Allen Farrington, gerente do Projeto do Deep Space Atomic Clock com o relógio

    Tom Cwik, chefe do Programa de Tecnologia Espacial e Allen Farrington, gerente do Projeto do Deep Space Atomic Clock com o relógio

A agência espacial americana, Nasa, apresentou um novo relógio atômico com o qual espera melhorar e simplificar a navegação pelo espaço.

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (22), a Nasa revelou o Deep Space Atomic Clock, uma nova geração de relógios atômicos desenvolvida no Laboratório de Propulsão a Jato da agência na cidade de Pasadena, na Califórnia.

A Nasa informou que em fevereiro integrou este novo instrumento no satélite Surrey Orbital Test Bed, que será lançado no final deste ano.

"A precisão (ao medir o tempo) exerce um papel crítico na navegação especial e será especialmente importante para as futuras missões no espaço sideral", detalhou a nota oficial.

A agência explicou que a maioria dos dispositivos de exploração espacial utiliza um método de rastreamento de duplo sentido pelo qual uma antena na Terra emite um sinal e, posteriormente, após receber o retorno da nave, calcula a distância e determina se a nave deve variar ou manter o rumo.

Este novo relógio atômico permitirá que os dados sejam processados diretamente na nave, por isso não será mais necessário o sinal de retorno até a Terra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos