Ibero-américa reduz seu déficit digital, mas falta formação, diz relatório

Madri, 18 mai (EFE).- O déficit digital foi reduzido na região ibero-americana, mas "a sociedade não está preparada para inovar e gerar valor agregado deste consumo digital", de acordo com o último relatório do Conselho Ibero-americano para a Produtividade e a Competitividade.

O documento, elaborado em colaboração com a Fundação privada COTEC para a Inovação, foi apresentado nesta quinta-feira na Casa de América em Madri, na Espanha, em uma conferência na qual foram detacados os principais desafios da região no setor digital.

"Devemos pensar no futuro e nos novos movimentos da quarta revolução industrial, onde a tecnologia é decisiva", explicou o copresidente do Conselho Ibero-americano para a Produtividade e a Competitividade, Enrique García.

Para o ex-presidente executivo do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), o problema da região reside no fato de que seu modelo econômico continua ligado ao das vantagens comparativas, onde uma parte muito baixa do Produto Interno Bruto (PIB) é investida em inovação.

Esta também é a opinião do professor da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, Raul Katz, que desenvolveu o relatório e apostou em políticas públicas e iniciativas privadas para "desbloquear as barreiras à inovação".

"O que fazemos na América Latina é consumir produtos digitais sem criar valor agregado", afirmou Katz.

O secretário do Estado da Espanha para a Sociedade da Informação e a Agenda Digital, José María Lassalle, afirmou que a região da Ibero-américa está acostumada a "lidar com a complexidade", já que, segundo ele, "anteveu o cenário da globalização muito antes que o restante dos países".

"Se alguém tem oportunidades estratégicas para ser protagonista da revolução digital, estes são os países ibero-americanos", concluiu Lassalle.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos