Cientistas encontram no Brasil 1ª espécie de "mamífero-réptil" fora da África

Washington, 14 jun (EFE).- Cientistas brasileiros encontraram no município de Vale Verde, no Rio Grande do Sul, fósseis de uma espécie de espécie de "mamífero-réptil" procedente do Triássico e previamente identificado como Chiniquodon, que são os primeiros exemplares do tipo Aleodon achados fora da África, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira na revista "Plos One".

A pesquisa, realizada pela Universidade Federal de Rio Grande do Sul e dirigida pelo paleontólogo Agustín Martinelli, estudou os crânios, as mandíbulas e os dentes dos fósseis dos répteis carnívoros com aparência de mamíferos brasileiros e os comparou com espécies de Aleodon africanas.

O Aleodon é um gênero probainognathus cinodonte, um grupo de classificação científica que evoluiu no período Triássico, há mais de 200 milhões de anos, e tinha o tamanho de um puma.

O Aleodon coexistiu com os precursores do dinossauro e outros arcossauros e deu lugar posteriormente aos mamíferos.

Este gênero foi descrito pela primeira vez através de fósseis da Tanzânia e da Namíbia, mas não estava claro se pertencia à família dos "mamíferos-répteis" conhecidos como Chiniquodontidae, que inclui uma morfologia similar ao Chiniquodon.

Os cientistas identificaram como Aleodon sete exemplares brasileiros.

Os autores da pesquisa assinalaram ainda que a identificação destes exemplares do Aleodon Triássico tardio no Brasil ressalta a correlação entre os cinodontes carnívoros desta época na América do Sul e na África.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos