Bloomberg acredita que Trump mudará de postura e se somará ao acordo de Paris

Bruxelas, 28 jun (EFE).- O enviado especial da ONU para as Cidades e Mudança Climática, Michael Bloomberg, disse nesta quarta-feira "ter esperança" de que o presidente dos EUA, Donald Trump, possa mudar de parecer e somar-se ao Acordo de Paris.

Bloomberg destacou a importância do acordo para as futuras gerações, em uma coletiva de imprensa junto ao presidente da Eurocâmara, Antonio Tajani, na qual deixaram clara a vontade de continuar cooperando contra o aquecimento global.

"Os americanos são a favor da luta contra a mudança climática. Lamento a decisão do presidente. A minha esperança é que mudará de parecer após escutar as pessoas. É o correto", apontou Bloomberg.

"Como essências humanas neste planeta, é a nossa responsabilidade. Nos EUA, ainda estamos na metade do caminho para alcançar os umbrais marcados pelo acordo de Paris", lamentou Bloomberg, que apontou a importância das energias renováveis para o futuro contra os que dizem que "são algo residual".

Tajani, por sua vez, celebrou o bom entendimento com o enviado especial da ONU para o Clima e destacou o papel de liderança da UE em assuntos climáticos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos