Onda de calor que atingiu a Grécia nos últimos dias deixou um morto

Atenas, 3 jul (EFE).- A onda de calor que atingiu a Grécia nos últimos quatro dias, quando foram registradas temperaturas que superaram amplamenta os 40 graus, deixou um morto na ilha de Creta, no sul do país, informa nesta segunda-feira a imprensa local.

Um homem de 96 anos, residente na zona de Mires, se sentiu mal no sábado devido às altas temperaturas e foi levado a um hospital próximo, onde faleceu.

Só em Creta foram internadas em diversos hospitais por insolação 27 pessoas, sendo que duas permanecem em estado grave.

Esta ilha registrou a mais alta temperatura de toda Grécia, 45,9 graus, no sul, na região de Messara.

A partir de segunda-feira, as temperaturas cairão sensivelmente em toda Grécia até se situar nas habituais para esta época do ano, segundo as previsões.

Não obstante, o risco de incêndios florestais é alto já que esta diminuição das temperaturas se deve aos fortes ventos que sopram do norte e os bombeiros permanecem em estado de alerta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos