Desabamento de edifício após tremor nas Filipinas deixa várias pessoas presas

Manila, 6 jul (EFE).- Pelo menos dez pessoas ficaram feridas e várias presas após o desabamento de um edifício na cidade de Kananga, no centro da Filipinas, que foi atingida por um tremor de 6,5 graus nesta quinta-feira.

Elmer Codilla, vice-prefeita desta população no norte da província de Leyte, apontou que os serviços de resgate atuam para socorrer as vítimas depois do desmoronamento de uma pensão de três apartamentos.

"A pensão tem uma loja na parte de baixo e muita gente ainda permanece dentro", declarou Codilla à rádio filipina "DZMM".

O terremoto sacudiu a região central da Filipinas.

O movimento telúrico aconteceu a 3,2 quilômetros ao nordeste de Masarayao e a 12,3 quilômetros ao nordeste de Ormoc, ambas na província de Leyte, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos, que mede a atividade sísmica no mundo.

Em novembro de 2003, a cidade de Tacloban, cerca de 35 quilômetros ao leste do epicentro, ficou arrasada pelo tufão Haiyan, que deixou mais de 6,3 mil vítimas mortais e acima de mil desaparecidos.

Um tremor de 6,7 graus na escala Ritcher na meridional ilha de Mindanao causou em 11 de fevereiro oito mortes e deixou cerca de 200 feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos